Número é o maior do ano. Neste domingo, a Secretaria de Saúde contabilizou mais 27 mortes e 1.080 infectados da doença. Leitos de UTI de covid-19 estão 96,5% ocupados e há 311 pessoas na lista de espera

Minervino Júnior/CB/D.A Press
Minervino Júnior/CB/D.A Press

Neste domingo (21/3), o Distrito Federal registrou a maior média móvel de mortes por covid-19 de 2021 — 38 pessoas morrem, por dia, na capital federal. O número representa aumento de 114,7% em comparação com a média móvel de 7 de março, 14 dias atrás.

A Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) contabilizou mais 27 mortes, das quais oito ocorreram neste domingo (21/3) e 14 são de sábado (20/3). Todas as outras datam de semana passada e, no total, 5.382 morreram no DF vítimas da doença.

A última atualização da SES em relação à ocupação das UTIs para covid-19 — feita às 14h deste domingo (21/3) — mostra que a taxa está em 96,58% e 311 pessoas, suspeitas ou com confirmação da doença, estão na fila de espera.

Em relação aos casos de covid-19, foram mais 1.080 registros neste domingo (21/3), elevando o total de infectados pelo coronavírus a 328.902. Desses, 307.272 (93,4%) são considerados recuperados. A média móvel de casos está em 1.574,7 — aumento de 15,3% em relação ao cálculo de 14 dias atrás.

Agravamento

Entre as 27 pessoas cujas mortes foram registradas neste domingo (21/3), apenas duas não apresentavam nenhuma comorbidade. Em relação às enfermidades, 27 pacientes sofriam de doença cardiovascular e 12, de distúrbios metabólicos.

Três vítimas tinham imunossupressão e três eram obesas. Nefropatia e pneumopatia acometiam uma pessoa cada.

Apenas oito vítimas eram homens. Entre os registros deste domingo (21/3), está uma pessoa de Goiás que morreu no DF. Somente duas pessoas faleceram em hospitais da rede particular.

Regiões do DF

Ceilândia é a região administrativa com mais registros de mortes por covid-19, com 897 óbitos, quatro a mais do que neste sábado (20/3). Em seguida, aparecem Taguatinga (537) e Samambaia (415). Em 24 horas, as duas cidades registraram, cada uma, cinco vidas perdidas para a doença.

Em relação ao número de pessoas infectadas pelo coronavírus, Ceilândia também segue na frente da lista, com 35.513 casos. Em seguida, está o Plano Piloto, que tem 31.276 notificações da doença; Taguatinga fica em terceiro lugar, com 26.431 pessoas com covid-19.

 

Fonte: Correio Braziliense